Neste segundo podcast discutimos o papel do “Batman” da iteração e apresentamos algumas novidades coletadas em blogs da comunidade de desenvolvimento ágil.

Caso não consiga ver o vídeo acesse nosso canal do Vimeo ou baixe o áudio diretamente.
[display_podcast]
Data de publicação: 18/12/2009 Tempo: 17:26
Show notes:
 

Para acompanhar este podcast acesse nossa página do iTunes ou nosso feed em seu leitor favorito.
Aguardamos seu feedback através dos comentários deste post ou pelo e-mail podcast@bluesoft.com.br

Autor

No tempo em que esteve no time da Bluesoft, Luiz Faias Junior ajudou a criar e a manter a cultura e os valores da empresa, aumentando a equipe de 3 para 40 talentosos engenheiros de software.

19 Comentários

  1. Pingback: Ágil como MacGyver no Caipira Ágil - parte 3 | Blog da Concrete

  2. Pingback: Os Melhores Podcasts de Tecnologia para Desenvolvedores | André Faria Gomes

  3. Pingback: Bluesoft Podcast: Um podcast sobre Métodos Ágeis em Português | André Faria Gomes

  4. André e Luiz, parabéns!
    A qualidade dos podcasts está excelente, com muitas informações preciosas e conciso na medida certa(passando a informação sem se tornar cansativo). Farei uma “palestra” para a equipe onde trabalho apresentando muitas idéias vistas aqui e nos links do show notes.
    Continuem com o bom trabalho!
    Roger.

  5. Eu costumo chamar de “Bombeiro da Semana”, já que é o cara que vai apagar os incêndios que ocorrem. 🙂
    Outras empresas simplesmente chamam de suporte nível 3, que é a pessoa acionada pelo time de suporte quando algum incidente não consegue ser resolvido dentro do SLA do time de suporte e é necessária então ajuda do suporte nível 3 para ajudar na resolução do problema dentro do SLA do incidente.
    Quanto ao uso, a grande questão é a expectativa que se cria, que é muito positiva. A pessoa que vai ter este papel sabe o que esperar da semana, e sabe que tem início e fim.
    O time sabe também que aquela pessoa vai precisar de ajuda e que em alguns casos o time vai precisar assumir uma atividade para conseguir terminar dentro da iteração, devido a paradas que a pessoa teve.
    A reunião diária se torna mais efetiva ainda nestes casos para o time ter visão do que está acontecendo “lá fora”, na vida real, e serve como input para a retrospectiva, pois algum ponto ocorrido pode servir como base para alguma mudança a ser realizada na semana seguinte para melhorar o trabalho do time.
    É uma forma da pessoa ganhar mais experiência no dia a dia, com resolução de problemas, suporte e outras questões que aparecem neste período.

    • Fala Daniel,
      Valeu pelo comentário. Realmente é o mesmo papel do “Suporte Nível 3”, mas “bombeiro” ou “batman” fica mais divertido! 😉
      Às vezes ficamos até com “vergonha” de compartilhar algo que estamos fazendo para não demonstrar esses tipos de problema, mas percebi que eles acontecem em qualquer empresa. Então já valeu a pena ter aberto a discussão.
      Abraço!

  6. Ótimo resumo! Gostei do podcast.
    Nós como praticantes do desenvolvimento ágil, e sua filosofia, devemos sempre compartilhar nossas experiências e conhecimentos.
    Muito bom também colocar os links referente aos assuntos tratados no “Show notes”.
    Parabéns!

    • Valeu Matheus,
      Continuaremos compartilhando o que tivermos. Aprendemos muito dessa forma.
      Obrigado pelo interesse e por entrar em contato.
      Abraço

  7. Salve galera…
    Mais uma vez obrigado por mais esse podcast extremamente contribuidor.
    Eu gostaria de saber se o “Batman” da semana participa normalmente das tarefas da iteração, ou se fica alocado unicamente às urgencias.
    Parabéns
    DADO

    • Olá Dado,
      Ele participa sim das tarefas da iteração, porém normalmente não trabalha em par como os demais. Assim pode ser interrrompido a qualquer momento sem prejudicar outro desenvolvedor.
      Vale lembrar que a existência desse Batman é um tratamento ao efeito e não a causa, que no caso seria provavelmente a falta de testes automatizados no código legado.
      Obrigado pelo comentário e por nos acompanhar.
      Abraço!

      • É um tratamento ao efeito, mas não deixa de ser uma forma de padronizar a questão de suporte aos outros times.
        O que vai se buscar é ter cada vez menos interrupções desta pessoa, e aí entra a chance de aumentar qualidade de código, teste e etc…

  8. E aí galera…
    Novamente: Muito legal essa contribuição de vocês pra comunidade, continuem assim!
    Fiquei realmente muito feliz em ter sido mencionado. Pô… Sem palavras. 😀
    Um abraço de volta, meu e do resto da galera daqui da SEA!

Deixe aqui o seu comentário